O amor real

27 Ago
imagem garimpada no weheartit

imagem garimpada no weheartit

por Bárbara Bom Angelo

amar no começo é simples. não há nada que incomode, irrite ou faça perder a vontade. quando aparece algo que não agrada, em vez de virar defeito, se torna charme. parece que um véu cobre os olhos, impedindo que a realidade se imponha. esse amor dura apenas um tempo e é importante que seja assim. os que vivem eternamente nesse momento não duram. a ilusão enjoa e acaba por ser insuficiente. os que conseguem pular de fase começam a viver algo mais palpável, verdadeiro, sincero. os defeitos aparecem, as brigas vêm e é importante que seja assim. servem de prova para avaliar as horas perdidas com gritos, sempre intercaladas com beijos e sorrisos soltos. passada a etapa de testes, os sobreviventes se encontram em um lugar calmo, com um amor que não machuca, apenas completa. e é aí que os sonhos parecem mais próximos e a vontade de ficar junto não tem mais prazo de validade… é amor sem poréns, sem condições, sem medos… é o amor real.

(áquele que faz dos meus risos mais felizes)

Anúncios

3 Respostas to “O amor real”

  1. Bruno Bernardo Agosto, 27, 2009 às 12:03 pm #

    I Love U!

  2. Ygor Marotta Agosto, 28, 2009 às 3:16 pm #

    mais amor por favor. 🙂
    lindo o texto.

    • Bárbara Bom Angelo Agosto, 28, 2009 às 3:25 pm #

      Obrigada, Ygor! Você viu o post que fiz sobre seu trabalho?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: