O que sobrou da dor dos outros

10 Out

por Natália Albertoni

A exposição “Robert Polidori.Fotografias” estreiou esta semana no Museu da Casa Brasileira. O canadense radicado nos Estados Unidos retrata o abandono, o esquecimento, a devastação com o detalhismo de um artesão e a devoção de um militante.

Tive a oportunidade de entrevistar o fotógrafo por e-mail para o portal R7, da Record, e só então pude entender a importância do seu trabalho. Uma vaga lembrança de trechos do livro  “Diante da dor dos Outros”, de Susan Sontag, tornaram a compreensão ainda mais prazerosa, já que ele se afasta do clichê que explora descaradamente o infortúnio alheio e se apodera de algo mais precioso. O que resta de uma outra vida que não esta que não tem mais nada, se embaralha com a poeira, se esconde numa luz deixada acesa, perpetua no que é deixado para trás.

Devaneios a parte, as imagens realmente são cativantes e surpreendentes. Como o espaço para elas  foi insuficiente no site, seguem abaixo algumas das minhas preferidas. Para quem fica em São Paulo neste feriado, recomendo uma passadinha no museu.

Para ler a matéria na íntegra clique aqui.

polidori 7
polidori 4
polidori 9polidori 6polidori 5polidori 1
**
Vá lá:
Robert Polidori. Fotografias
Onde: Museu da Casa Brasileira
Quando: de terça a domingo das 10h às 18h até 12/11
Quanto: R$4 (inteira). Grátis aos domingos e feriados.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: