Confissões de gente grande e pequena

17 Dez

por Bárbara Bom Angelo

A minha:

A saudade me visita todos os dias – algumas vezes com gosto doce, outras mais pesada ao coração. Tenho vontade de ligar para ele, mas acabo me lembrando que isso já não é mais possível. Penso na felicidade (ou infelicidade) dele durante todos os lances de jogos do Palmeiras, se ele gostaria dos desenhos que tomam o meu corpo, no orgulho que teria das coisas que tenho feito. E de vez em quando repito mentalmente o jeito que dizia meu nome, com um sotaque carioca carregado e inventado.

E a sua?

Anúncios

Uma resposta to “Confissões de gente grande e pequena”

Trackbacks/Pingbacks

  1. Você ganhou o que queria no Natal? « Verdades particulares de um caderno sem linhas - Dezembro, 30, 2009

    […] assisti esse vídeo, que aliás é bem parecido com outro que foi postado neste caderno sem linhas, não pude conter o sorriso bobo ao ouvir cada pedido inusitado, comum, sincero ou simplesmente […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: