Ser jornalista

21 Jan

por Bárbara Bom Angelo

As impressões particulares de Duda Rangel sobre a classe a qual pertenço, com todos os prós e contras envolvidos:

Jornalista não nasce. Jornalista é o “eleito”, aquele que chega ao mundo com uma nobre missão.

Jornalista não mente. Jornalista distorce um pouco a realidade.

Jornalista não revela um segredo por falta de ética. Jornalista apenas esquece que a revelação deveria ser mantida em off.

Jornalista não ganha presentes interesseiros. Jornalista só recebe um jabazinho inocente.

Jornalista não vai ao boteco para tomar um porre. Jornalista discute temas essenciais à humanidade enquanto bebe pra cacete.

Jornalista não olha pra bunda das mulheres. Jornalista apura seu olhar investigativo.

Jornalista não ouve fofoca. Jornalista recebe informação de suas fontes.

Jornalista não se vende para operadora de turismo. Jornalista viaja “a convite”.

Jornalista não comete erros crassos por desconhecer o Português. Jornalista comete erros por estar sempre com pressa.

Jornalista não tem utopias. Jornalista tem apenas a simples pretensão de mudar o mundo.

Jornalista não faz bicos. Jornalista se dedica a trabalho free lance.

Jornalista não perde o rumo profissional. Jornalista se permite um período de reciclagem de idéias em Londres.

Jornalista não é desleixado com a aparência. Jornalista tem um visual descolado e provocador.

Jornalista não se acha o fodão. Jornalista tem certeza que é.

Jornalista não morre. Jornalista alcança seu próprio deadline.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: