As cores de Belle & Sebastian

11 Nov

por Bárbara Bom Angelo

Eles não precisaram de pompa. A música era boa e mais do que suficiente. Nada de telões de alta definição ou efeitos pirotécnicos. Eram apenas eles ali, cercados por uma iluminação simples, mas cheia de cores gostosas. Steve Murdoch estava encantador sob os tons de vermelho, azul, rosa e amarelo. Dançou entre eles e a platéia. Literalmente. Simplesmente desceu do palco, caminhou por onde bem entendeu e conquistou quem estava por perto. As bolas de rugby lançadas ao público também tiveram grande culpa na construção dessa empatia, mas nem precisava de tanto. Ele nos pegou já no “boa noite”, pronunciado num português indefectível…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: