#2 Moleskine dos outros

22 Jun


por Natália Albertoni

Com fones de ouvido enormes capaceteando os pequenos caracóis dos seus cabelos, Soma vive em uma terceira dimensão na qual o amarelo, o azul-céu e o vermelho estão sempre presentes.

Na redação da agência em que trabalha, quando não está finalizando projetos gráficos de clientes, está fazendo arte. Na lata do desodorante, numa folha em branco que pode virar estampa de camiseta, na tela do computador, nas páginas de seu Moleskine.

Da dança ensaiada de suas canetas surgem silhuetas multicoloridas, rostos desfigurados, referências e um pouco de sua soma existencial. Em uma divertida entrevista ping-pongue para a segunda edição do Moleskine dos outros, ele mostra mais do seu temperamento, de suas tonalidades e do sotaque carioca presente em suas obras.

O nome que aparece no seu RG: Alexandre Alves Lobo.

Nome artístico: Soma.

De onde é? São Gonçalo, Rio de Janeiro.

Para onde veio? De um SPTZ.

Para onde vai? Lugar nenhum.

Onde você mora? São Paulo.

O que mais sente falta da cidade natal? Curvas.

O que mais gosta de São Paulo? Tudo ao mesmo tempo agora.

Você é formado em alguma faculdade? Qual? Desenho Industrial.

Como você explicaria o seu trabalho para a sua mãe? Mãe, deu merda!

Lembra quando comprou seu primeiro Moleskine? Eu ganhei do Duccio, meu ex-chefe. Ele trouxe da Itália.

O que tem nos seus Moleskines hoje? O que eu estou.

Quando decidiu fazer arte? Quando houve o “Big Ban”, se aconteceu mesmo…

Quantos caderninhos você já preencheu com seus desenhos? Estou no segundo Moleskine, um “japonês”.

O que são suas peças? O meu nome: SOMA.

No segundo semestre você participa de uma exposição? Sim, será uma pintura na vitrine que está em frente ao “Cine Bombril” dentro da galeria do Conjunto Nacional. Vou pintar um “Cybernauta”, fazendo alusão ao Neuromancer e ao Count Zero, livros de William Gibson que estão influenciando meus trabalhos atuais. Será no último sábado de setembro, dia 24.

Tem alguma mensagem?  Se você tem qualquer vontade artística NUNCA deixe NINGUÉM dizer que é uma tolice. Tolice é não fazer.


Para ver mais, clique aqui.
Anúncios

Uma resposta to “#2 Moleskine dos outros”

  1. Anna Anjos Junho, 22, 2011 às 2:31 pm #

    Amo todo o colorido e a vibração multidimensional que “ele Soma” em seus trabalhos!! 😀

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: