Tag Archives: 5 de abril

Viciada em novela

28 Mar

por Bárbara Bom Angelo

E não é que estou ansiosa para assistir uma novela do SBT?! Amor e Revolução estreia no dia 5 de abril, às 22h15.

Cinema verdade

24 Mar

Cena de "Garapa", documentário de José Padilha / imagem: divulgação

Cena de "Garapa", documentário de José Padilha / imagem: divulgação

por Bárbara Bom Angelo

Sempre nessa época do ano, final de março e começo de abril, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília recebem uma leva dos melhores documentários nacionais e internacionais.

E é nessa quarta-feira (25) que começa a disputa pelos R$ 100 mil da 14ª edição do Festival É Tudo Verdade.  Entre os sete concorrentes nacionais estão as produções mais recentes de Eduardo Coutinho e José Padilha.

Em Garapa, o foco de Padilha recaí sobre três famílias cearenses que vivem contornando a fome. O longa foi exibido no último Festival de Berlim e é o primeiro trabalho do diretor após Tropa de Elite.

Eduardo Coutinho, por sua vez, documenta os ensaios da peça “Três Irmãs”, de Tchecov, pelos mineiros do Grupo Galpão. A encenação foi feita exclusivamente para o filme.

Outro que está na corrida pelo prêmio é A Chave da Casa, de Paschoal Samora e Stela Grisotti. O longa fala sobre a vida de exilados palestinos de origem iraquiana que fazem a transição de um campo de refugiados na Jordânia para o Brasil.

Tive a oportunidade de assistir algumas partes não finalizadas desse documentário em um curso que fiz na Academia Internacional de Cinema. As imagens são tocantes, principalmente um trecho em que um dos exilados fala sobre a tristeza de não se ter uma pátria por qual lutar, um chão para voltar e como isso influencia na formação individual da personalidade.

Completam a competição Cidadão Boilesen, de Chain Litewski; Cildo, de Gustavo Rosa de Moura; Corumbiara, de Vicent Carelli e Sobreviventes, de Miriam Chnaidermann e Reinaldo Pinheiro.

Dobradinha

No começo de março, a organização do festival anunciou que o evento terá duas edições por ano. A Mostra Competitiva continuará acontecendo no mesmo período, mas agora contará com Mostras Especiais no segundo semestre. 

Segundo o fundador e diretor do É Tudo Verdade, Amir Labaki, a iniciativa busca “aumentar a presença dos documentários no calendário anual”.

A relação de cinemas partcipantes e a programação completa pode ser vista aqui. Vale lembrar que as sessões são de graça, basta retirar os ingressos com cerca de uma hora de antecedência.

O festival termina no dia 5 de abril. Em Brasília, as exibições não acontecem na mesma data que no Rio e São Paulo, por lá o evento vai do dia 14 até 26 de abril.